Contas Externas seguiram melhorando em fev/16. Déficit em transações correntes começa a mostrar impacto positivo do câmbio.

O balanço de pagamentos de fev/16 registrou déficit de US$ 1,9 bi nas transações correntes, de acordo com a nota de Setor Externo divulgada hoje pelo Banco Central.  O resultado apresentou um recuo em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando havia registrado US$ -7,2 bi e também…

leia mais

Última divulgação da PME reforça deterioração do mercado de trabalho em 2016

Em fev/16, de acordo com a última divulgação da Pesquisa Mensal de Emprego (substituída pela PNAD contínua), a taxa de desocupação das seis principais regiões metropolitanas no Brasil ficou em 8,2% da População Economicamente Ativa. Em relação a fev/15 o resultado demonstrou avanço de 2,4 p.p. e contra o…

leia mais

IPCA-15 de mar/16 recua significativamente, em função da desaceleração dos preços de alimentos, educação e deflação de energia elétrica

O IPCA-15, prévia da inflação oficial, apresentou variação de 0,43% na passagem de fev/16 para mar/16, de acordo com o dado divulgado pelo IBGE. O indicador desacelerou consideravelmente em relação ao mês anterior, quando havia apresentado variação de 1,42%. O resultado de março foi inferior a mediana esperada pelo…

leia mais

PNAD revela que taxa de desemprego atingiu 8,5% em 2015. Em 2016 mais trabalhadores perderão o emprego devido à recessão…

No trimestre móvel encerrado em dez/15 (out-nov-dez), segundo dados do IBGE na PNAD Contínua, a taxa de desocupação foi de 9,0% da População na Força de Trabalho. Tal resultado demonstrou estabilidade ante trimestre anterior (ago-set-out) e avanço de 2,5 p.p. na comparação com o mesmo tri encerrando em dezembro…

leia mais

Índice de atividade do BC recua em jan/16 – recessão segue a todo vapor…

O indicador de atividade do Banco Central (IBC-Br), tido como proxy do PIB brasileiro, apresentou continuidade da recessão no início deste ano e tende a se aprofundar nos próximos meses. Em jan/16, o indicador recuou 0,61%, na comparação mensal com ajustes sazonais, após contração de 0,49% em dez/15, sendo…

leia mais

PIB agropecuário cresceu 1,8% em 2015, mas resultado foi o mais baixo desde 2012.

O PIB do setor agropecuário foi o único a apresentar crescimento em 2015, com avanço de 1,8% na comparação com 2014. Apesar do resultado positivo no PIB agropecuário, o crescimento foi o pior resultado desde 2012. Dentre as principais culturas, a soja foi a que apresentou maior crescimento, alta…

leia mais

PIB 2015 recua 3,8%, apresentando a maior retração dos últimos 25 anos.

O IBGE divulgou hoje pela manhã o PIB do 4º trimestre de 2015, que apresentou contração de -1,4% na passagem do 3º tri/15 para o 4º tri/15, com ajuste sazonal. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o PIB brasileiro encolheu -5,9%, levando o PIB brasileiro a…

leia mais